Muro de arrimo: quando é necessário construir?

Muro de arrimo quando é necessário construir

Um muro de arrimo pode ter funcionalidades essenciais para a segurança de uma edificação. Além disso, também pode ter elementos que farão parte da estética da construção.

Veja, nesse post, quando é necessário em um projeto arquitetônico.

O que é muro de arrimo?

O muro de arrimo é uma estrutura formada por blocos, que serve para estabilizar as encostas próximas às edificações de estruturas urbanas. Além de suportar a terra do entorno, também vai isolar o terreno e funciona como um apoio extra para impedir que a terra se mova e cause estragos.

Esse muro de contenção tem uma função essencial porque vai garantir uma estrutura forte o suficiente para que possam ser construídas edificações nos lugares mais improváveis, como nas laterais de uma área de montanha. O muro tem uma função de combater a gravidade dessas áreas inclinadas.

Muitas dessas áreas em declive também irão sofrer recortes para se tornar planas e seguras com o muro de contenção e criar áreas de acomodação. 

Normalmente, um dos aspectos para projetar também um muro de arrimo no projeto estrutural de uma edificação é a drenagem, porque o escoamento não adequado de uma área pode enfraquecer o solo e fazer com que deslize.

Para esses casos, a impermeabilização de muro de arrimo é importantíssima. Pode ser instalada uma membrana impermeável que impeça que a umidade fique atrás do muro após o escoamento acabar.

Muro de arrimo quando é necessário construir

Não é só um risco mas também proporciona uma visão que não tem nada de agradável quando ocorre uma forte chuva e a terra se espalha para todos os lados.

Além disso, poderá ser imprescindível se uma edificação fica em uma ladeira abaixo das linhas de falha de solo. O muro irá garantir as condições de estabilidade adequadas.

Os vários tipos de muro de arrimo pode ser elaborados com diversos materiais, pode ser muro de arrimo de blocos de concreto, cerâmicos ou pedras. Há também muro de arrimo de concreto armado,  que leva estruturas metálicas. Além disso, há também os crib walls, que é um tipo de muro de arrimo com bloco de concreto pré-moldado, nesses casos há também os que são elaborados com madeira ou aço.   

O uso de cada tipo vai depender de um estudo do solo. 

Outras utilidades do muro de arrimo

Um muro de arrimo de pedra ou outros materiais também pode ter outras funcionalidades associadas à boa drenagem das águas e o suporte do volume de terra de uma área:

Compor estética do espaço projetado

Embora um muro de concreto ou um muro com pedras tenha um aspecto bastante funcional, também pode fazer parte dos elementos harmônicos dentro do projeto arquitetônico, se transformando em um ponto estético junto ao paisagismo.

Usar pedra para muro de arrimo é uma estratégia muito interessante para criar um ambiente integrado em áreas externas.

Garantir espaços de assento ao ar livre

Entre as funcionalidades surpreendentes de um muro de arrimo está a de ser um espaço de assento para as pessoas.

Em áreas externas de residências ou até de empreendimentos como hotéis, um muro de arrimo com paisagismo bem cuidado pode garantir uma área de descanso, contemplação ou apenas para uma boa conversa.

Tornar áreas utilizáveis para agricultura

Muros de arrimos de terras úteis para agricultura nas encostas são conhecidos em muitos pontos do planeta. Na verdade, é uma técnica utilizada por várias civilizações há milênios.

Embora em um projeção menor do que terraços agrícolas de vinícolas, por exemplo, em um projeto de uma casa na encosta poderá haver nivelamentos diferentes com muro de arrimo para a manutenção de um pomar ou horta.

Muro de arrimo quando é necessário construir

Como fazer um muro de arrimo no TQS?

O TQS é um software essencial para a criação de projetos estruturais, inclusive para projetos de muro de arrimo.

Entender como fazer um muro de arrimo nesse software é bem mais fácil porque  permite o desenvolvimento de projetos estruturais de concreto armado, pré-moldado e alvenaria estrutural. Com essa ferramenta, é possível realizar a modelagem, análise estrutural de cada elemento de um projeto, dimensionamentos de peças, detalhamento de armaduras, análise de vibrações, cálculo de muro de arrimo, etc.

Ter conhecimento nessa ferramenta digital é essencial para os engenheiros estruturais atualmente porque o setor construtivo está exigindo fortemente conhecimentos nos processos que utilizam o BIM (Building Information Modeling ou Modelagem da Informação da Construção), e o TQS é um software de interação completa com essa metodologia moderna.

Nosso curso TQS vai apresentar as configurações iniciais do software, importação do projeto arquitetônico, lançamento dos elementos do projeto, cálculos e análises e detalhamento dos elementos estruturais. 

Não fique pra trás nesse momento que o BIM tem sido alvo de atenção total desde a publicação do decreto 9.377, de 17 de maio de 2018 — que sofreu atualização em 2019 –, quando o Governo Federal determinou, por meio da Estratégia BIM BR, prazos para alguns projetos piloto trabalharem, obrigatoriamente, com essa metodologia. 

Porém, em 2 de abril deste ano, um novo decreto foi assinado. O decreto no. 10.306 estabelece a utilização do BIM na execução direta ou indireta de obras e serviços de engenharia realizada pelos órgãos e pelas entidades da administração pública federal.

Na primeira fase, a partir de 1º de janeiro de 2021, o BIM deverá ser utilizado no desenvolvimento de projetos de arquitetura e engenharia, referentes a construções novas, ampliações ou reabilitações.

Na segunda fase, em 2024, o BIM deverá ser utilizado na execução direta ou indireta de projetos de arquitetura e engenharia e na gestão de obras, referentes a construções novas, reformas, ampliações ou reabilitações.

Em 2028, será necessário fechar o ciclo completo de utilização da metodologia no desenvolvimento de projetos de arquitetura e engenharia e na gestão de obras referentes a construções novas, reformas, ampliações e reabilitações.

Então, não perca essa oportunidade e comece a sua qualificação já!

Área do Aluno

Selecione uma opção abaixo