Planta humanizada: benefícios e principais programas para criar

Planta humanizada beneficios e principais programas para criar

A planta humanizada é uma aliada dos arquitetos para que os clientes se aproximem da ideia geral de um projeto arquitetônico.

Existem diversas vantagens de usar uma planta humanizada para apresentar a planta baixa e alguns programas podem ajudar. 

O que é planta humanizada?

A planta humanizada visa, especialmente, criar desenhos mais inteligíveis para quem não é um profissional da área, ou seja, uma boa parte dos clientes. É como se fosse uma humanização dos desenhos, para proporcionar melhor didática.

Esse recurso da planta baixa humanizada vai apresentar texturas, efeitos, luz, paisagismo,  cores e escala para promover um melhor entendimento da ideia que o arquiteto criou para o projeto arquitetônico.

Em uma planta técnica, muitos detalhes que o cliente quer e precisa conhecer pode não ser facilmente compreendidos e visualizados.

Com a planta de layout humanizada, o posicionamento do mobiliário e a composição com o ambiente podem ficar muito mais claros, ou mais realista, aos olhos de quem não é profissional.

Com uma planta baixa, com esses elementos, fica muito mais fácil o contratante entender o potencial do ambiente para gerar aconchego, bem-estar, sociabilidade e até sensação de serenidade e harmonia.

Vantagens para os clientes:

  • Claro entendimento do layout do projeto com fidelização da descrição dos espaços;
  • Proporcionar noção realista da função dos espaços;
  • Facilidade para o entendimento do tamanho dos ambientes;
  • Apresentação didática da adequação do mobiliário no ambiente;
  • Ativar a imaginação dos clientes.

Para os profissionais, os principais benefícios passam por satisfação maior do cliente, entendimento melhor da concepção arquitetônica idealizada e até prevenção de decisões erradas.

Como humanizar uma planta baixa?

Percebe-se que apresentar plantas humanizadas é muito vantajoso para o cliente e para o arquiteto.  

Essa é uma grande diferenciação no mercado, seja para uma planta humanizada de apartamento pequeno ou para grandes empreendimentos. Usar esse recurso vai possibilitar claro entendimento da concepção da ideia, desde as fases iniciais de um projeto até as expectativas sobre o retorno daquela obra.

Em um grande empreendimento apresentado no conceito de planta humanizada, por exemplo, é possível que o cliente tenha muito mais consciência das funcionalidades dos diversos espaços, como os pavimentos das lojas, área de alimentação, banheiros, jardins, estacionamento, etc, devido ao nível de detalhamento visual permitido na planta.

Igualmente se for uma planta de casa humanizada os mesmos detalhes permitem uma ilustração visual melhor do projeto, por exemplo, de como seria a distribuição dos cômodos, móveis, iluminação, paisagismo, etc. Assim, o cliente teria uma compreensão muito mais realista da realização do seu sonho da casa própria. 

Já em um desenho técnico, essa conexão seria um pouco mais difícil.

Como fazer planta humanizada?

Utilizadas na construção civil, tanto na arquitetura de imóveis residenciais ou no design de interiores, bem como para os grandes empreendimentos imobiliários, as plantas baixas humanizadas vão se valer de imagens muito mais realistas.

Para elaborá-las, o profissional pode usar ferramentas como o Autocad  ou o Revit.

Existem outros softwares que permitem elaboração dessa planta humanizada como o Photoshop, CorelDraw, Sketchup, Lumion, entre outros.

Porém, o Revit está em alta. Esse é um software baseado em BIM (Building Information Modeling ou Modelagem de Informações da Construção) , que é uma metodologia colaborativa de trabalho, com processos integrados, que apresenta imagens em geometrias e não por linhas, com informações do mundo real, apresentados de forma tridimensional.

A elaboração do projeto arquitetônico em BIM e de toda a obra elaborada a partir dessa metodologia é uma tendência do setor de arquitetura, portanto, em pouco tempo, os demais softwares poderão ficar obsoletos até mesmo para a confecção de plantas humanizadas.

Atualmente, muitos profissionais da arquitetura já trabalham apenas com a construção de plantas baixas humanizadas. Mas eles devem ficar atentos à finalidade da planta, que também pode determinar o programa a ser usado.

Para grandes empreendimentos e de alto padrão, por exemplo, mais uma vez o Revit é indicado, porque tem um nível de aperfeiçoamento melhor dos desenhos e uma gama muito mais completa de recursos. Por isso, uma indicação é a realização, o mais rápida possível, de um Curso Master em Revit para quem quer estar à frente no mercado.

Plantas humanizadas: como fazer? 

Para realizar uma planta baixa com esse recurso da humanização, é essencial ter atenção total nos elementos que vão compor o desenho. Por exemplo, uma planta humanizada de banheiro precisa buscar a composição do ambiente, com pisos, revestimentos, louças sanitárias como vasos e pias, além de torneiras, decoração do espaço, iluminação natural e artificial, etc.

Assim como em uma residência, uma planta humanizada com piscina vai precisar ter uma clara ilustração do ambiente, por exemplo, dimensões da piscina e do entorno, revestimento do interior, piso da borda, paisagismo ao redor, etc.

A principal dica para o profissional é que procure utilizar elementos diferentes e boas referências para criar novos layouts para clientes diferentes. Além disso, é preciso ficar muito atento com a utilização dos blocos para planta humanizada, porque devem estar na escala correta.  Afinal, a ideia é proporcionar um desenho o mais próximo da realidade.

Com o uso do Revit, o arquiteto terá condições de desenvolver um projeto completo, com todas as informações de materiais de revestimentos, de equipamentos, etc, e ainda terá condições de apresentar, em 3D, através de imagens renderizadas ou vídeos animados do ambiente que projetou.

Posteriormente, com o uso de softwares complementares como o Lumion, a condição de sensação de uma realidade poderá ser oferecida ao cliente final, inclusive como uma imersão numa realidade virtual. 

Aguardem, porque iremos lançar o curso Lumion EAD em breve!

Área do Aluno

Selecione uma opção abaixo