Projeto de casas modernas: conheça as características

O projeto de casas modernas é muito mais do que um simples sinônimo de projeto atual. Trata-se de um estilo arquitetônico. Saiba mais.

O projeto de casas modernas é muito mais do que um simples sinônimo de projeto atual. Trata-se, na verdade, de um estilo arquitetônico, que teve forte marca no início do século XX.

Saiba neste post como reconhecer as características dos projetos de casas modernas.

De onde surgiu o estilo do projeto de casa moderna?

Esse estilo de habitação teve influência da escola modernista, que inspirou o cinema, artes e design e surgiu na Europa. No Brasil, a arquitetura no Brasil também foi fortemente influenciada pela Semana de Artes de 1922, quando artistas fizeram um verdadeiro manifesto por uma arte mais genuína e com traços mais nacionalistas. 

Na arquitetura, esse reflexo começou a surgir nas plantas de edificações partir de 1930. A manifestação desse estilo na arquitetura teve muita força até os anos 1950. No século 20, dois expoentes da arquitetura moderna deixaram seus legados em edificações importantes no cenário nacional, como o Palácio da Alvorada (Oscar Niemeyer) e Museu de Artes de São Paulo (Lina Bo Bardi).

Desse estilo de construção começaram a surgir as plantas de casas modernas, que romperam com escolas arquitetônicas anteriores e passaram a prezar pela simplicidade das linhas arquitetônicas, muitas formas geométricas e praticamente isentas de ornamentações.

A própria Lina Bo Bardi projetou uma casa do estilo moderno para si, onde viveu boa parte da vida. Essa edificação é conhecida como Casa de Vidro, situada no Jardim Morumbi, em São Paulo. Hoje a edificação é o Instituto Bo Bardi.

O projeto de casas modernas é muito mais do que um simples sinônimo de projeto atual. Trata-se de um estilo arquitetônico. Saiba mais.
Palácio da Alvorada Foto: EBC

Essa casa é um verdadeiro retrato do estilo, com a típica fachada de casas modernas: com suas linhas retas e simples, vãos livres, muita presença de vidro e metal e integração com elementos da natureza.

Esse modelo de construção inspirou a criação não só de edificações grandes e suspensas do nível do chão, como a da Casa do Morumbi, como também de projetos de casas pequenas e modernas ou de um pavimento só, como projetos de casas térreas modernas. 

Outras características do projetos de casas modernas

Embora as linhas das casas modernas sejam mais simples, isso não quer dizer que não haja harmonia e beleza em suas formas.

Veja algumas características de um projeto de casas modernas:

Vidro e luz natural

Nos projetos de casas modernas, os adornos perdem peso, porém, outras características marcam o estilo: como os espaços muito bem iluminados, valorizados pela presença maciça de vidros em suas paredes. 

Além da leveza e sensação de inovação que o vidro garante aos projetos de casas modernas, esse material essencial cede espaço totalmente à luz natural, que hoje é um dos conceitos mais valorizados da arquitetura contemporânea.

Linhas retas

Embora a força do estilo moderno tenha sido no século 20, a arquitetura contemporânea, que mescla vários estilos, ainda utiliza muito das características das casas modernas.

Entre pontos mais fortes de um projeto de casas modernas estão as linhas retas. Essa característica confere um certo ar de imponência e elegância mesmo aos projetos de casas modernas pequenas.

Além disso, nas fachadas de casas modernas, os telhados ficam escondidos dos olhos de quem está à frente do imóvel, devido ao formato geométrico.

Concreto armado e pilares

Seja  para os projetos de casas de praia modernas, em áreas urbanas ou no campo,   outro material que se vê  sempre é o concreto armado,  que passa uma forte sensação de ambiente sólido e bem estruturado. Não é para menos, essa estrutura deve-se às barras de aço que compõem as paredes e podem ser moldadas de  acordo com o formato escolhido para  a edificação. 

Outra marca característica do estilo, mesmo em projetos de casas modernas de 2 andares,  é a  presença dos pilares de aço que elevam os pavimentos.  

O projeto de casas modernas é muito mais do que um simples sinônimo de projeto atual. Trata-se de um estilo arquitetônico. Saiba mais.

Integração de ambientes

Atualmente, uma das tendências que mais se ouve falar em projetos arquitetônicos são os espaços abertos e a  integração de ambientes. Isso  também tem a  ver com uma  maior  funcionalidade exigida pelos projetos de casas modernas.

Tudo é mais minimalista e amplo, com espaços mais descomplicados, com poucas divisórias para separar ambientes.

Natureza e paisagem

Em todos as imagens de projetos de casas modernas, o que também percebe-se é uma presença marcante da natureza integrada ao espaço físico.

A vista permitida em uma casa moderna inspira que os elementos naturais também sejam parte do visual, com a forte presença de belos jardins e terraços.

Embora adote linhas mais simples, esse estilo permite uma infinidade de criatividade para os arquitetos, inclusive para quem gosta de trabalhar com a arquitetura sensorial

Com tanto espaço aberto e livre, os cincos sentidos podem ser estimulados, por exemplo, em projetos de casas modernas com piscina ou projetos de casas modernas com área de lazer, onde esses elementos naturais também possam ser incorporados para dar mais harmonia, aconchego e leveza.

O projeto de casas modernas é muito mais do que um simples sinônimo de projeto atual. Trata-se de um estilo arquitetônico. Saiba mais.
A Casa de Vidro hoje é o Instituto Bo Bardi Crédito: Instituto Bo Bardi

Fachadas livres

Essa característica é uma das que mais se destaca nos projetos desse estilo. Os projetos de casas com fachadas modernas conferem uma abertura máxima, que permitem um vão totalmente aberto ou o fechamento com os vidros. 

Essa ausência de paredes vai permitir ampla passagem para as pessoas e visão total.

Conclusão

Seja para ter uma melhor inspiração para elaboração de projetos de casas modernas com 3 quartos, 4 quartos ou mais e até mesmo projetos de casas modernas de baixo custo, ter o conhecimento da metodologia BIM vai potencializar seus resultados.

Busque qualificação o quanto antes, porque essa metodologia, em breve, será a mais solicitada na indústria construtiva do país e não é interessante ficar para trás nesse momento. Se está interessado, temos duas dicas: curso pós-graduação BIM e Curso Master em Revit. Ambos os cursos irão garantir projetos melhores e mais eficientes em todos os aspectos.

Área do Aluno

Selecione uma opção abaixo