Projeto de piscina: cuidados essenciais

Projeto de piscina cuidados essenciais

Um projeto de piscina vai garantir um espaço mais charmoso na sua área externa e a oportunidade de excelentes momentos de lazer nos dias mais quentes.

No entanto, existem alguns cuidados que precisam ser levados em consideração nesse projeto arquitetônico.

Como fazer um projeto de piscina?

A primeira informação a ser buscada é a funcionalidade do seu  projeto de piscina. Não necessariamente será só um projeto de área de lazer com piscina para uma residência ou condomínio. Muitas vezes, o arquiteto também poderá projetar piscinas para escolas de natação ou clubes.

Esse é um investimento importante que precisa de muito cuidado na fase de planejamento e execução, independentemente se são projetos de piscinas de alvenaria, fibra o vinil.

Por exemplo, em projetos de casas pequenas com piscina e churrasqueira é preciso ter certeza que a edificação tenha suporte para o peso de uma piscina cheia de água.

Além disso, existem diversos aspectos gerais para projetar uma piscina em um determinado espaço. Por exemplo, em projeto de piscina pequena, o arquiteto poderá se valer de truques de amplitude, utilizando diferentes níveis de profundidade ou um modelo de piscina pequena poderá ter o formato redondo como forma de criar uma sensação de dimensão maior. 

Mas essa dica dos níveis de profundidade também pode ser um diferencial de um projeto de chácara com piscina bem ampla.

São muitos detalhes a serem pensados, porém, alguns cuidados são essenciais em todos os projetos de piscinas pequenas, médias ou grandes:

Localização

Um projeto de piscina deve levar em consideração também a melhor localização para a instalação.

Se são projetos de casas modernas com piscina ou projeto de área gourmet com piscina, essa área de lazer precisa formar um conjunto arquitetônico com a construção principal.

A vista e a altitude de onde a piscina vai ficar também deve influenciar no projeto. Por exemplo, nos terrenos mais altos, é preciso pensar na instalação da piscina em ângulo que não tenha tantas correntes de ar.

Já se o cliente pensa na vista e quer a piscina mais integrada à natureza, reforce para ele que o espaço poderá ficar sempre cheio de folhas verdes que caem da vegetação ao redor.

Estrutura do local onde a piscina vai ficar

A localização da piscina dentro de um terreno precisa atender também os fatores estruturais.

No projeto, a piscina deverá ter o porte adequado para o terreno, bem como o cálculo correto de sua carga, ou seja, o projeto estrutural de piscina deve conter dados como pesagem total da instalação, com paredes, acabamentos, volume de água e até o número limite de pessoas.

Outros aspectos que são determinantes no projeto é a necessidade de lajes, vigas, o projeto hidráulico da piscina, etc.

Orientação do sol

Em espaços abertos para projetos de áreas de lazer com piscina e churrasqueira, por exemplo, a orientação do sol também é bastante importante.

Essa dica não pode ser esquecida, porque nenhum cliente vai gostar de uma piscina que fique o tempo todo na sombra. 

Seja uma piscina pequena no quintal pequeno ou piscina maiores em espaços mais amplos, a dica é posicioná-la  no projeto de modo que receba a maior quantidade de sol possível, pelo menos em um período.

Escolher o tipo e modelo certo de piscina

O projeto também deverá definir o tipo apropriado de piscina, que pode ser uma questão de praticidade ou do custo. No caso do modelo, também deverá ser estudado o espaço disponível.

O arquiteto tem a opção de realizar projetos de piscinas de fibra, de vinil, vidro ou modelos de piscina de alvenaria:

Um projeto de piscina de concreto, por exemplo, ganha no quesito resistência e flexibilidade do formato do desenho e tamanho que o cliente desejar. Aqui a criatividade pode correr solta. Mas as desvantagens passam pela possibilidade de infiltrações e fissuras e investimento mais alto.

Já  as piscinas de fibra são bastante requisitadas, devido à grande facilidade de instalação e excelente custo-benefício. Entre as desvantagens, está a falta de personalização do projeto, porque os modelos já vêm prontos.

Em um projeto de piscina de vinil, os modelos são semelhantes às de concreto em relação à estrutura. Ao invés de revestimentos diferentes, é colocada uma manta vinílica no modelo. É um modelo bastante versátil, porém, tem durabilidade menor.

As piscinas de vidro são muito mais caras do que esses outros materiais e têm custo muito mais alto. Por isso, são muito comuns em empreendimentos de luxo. Porém, a beleza do projeto de piscina em vidro é inquestionável.

Impermeabilização e revestimento correto

A impermeabilização do perímetro da piscina é fundamental para evitar vazamentos futuros no projeto, mas escolher corretamente os revestimentos é igualmente importante para qualquer piscina, seja para um projeto de edícula com piscina ou um empreendimento maior.

Por exemplo, para um projeto piscina de alvenaria as pastilhas muito pequenas podem se deslocar com facilidade devido ao calor.  

Acessibilidade

Atualmente, existe um grande cuidado em projetar espaços com mais acessibilidade. Por isso, mesmo para residências, essa questão também precisa ser pensada em um projeto de piscina.

Como esse espaço tem uma função de lazer, é importante pensar que todos os usuários daquele local poderão usufruir. É uma medida bastante interessante tanto para quem tem pessoas com dificuldades de mobilidade na família ou até para receber visitas que também têm deficiências motoras.

Para isso, é preciso projetar rampas ou escadas apropriadas para facilitar a diversão desse público também.

Obedeça o recuo 

Vamos supor que em um projeto área de lazer com piscina, esse espaço ficou bem na divisa do lote do vizinho. Esse poderá ser um caso de invasão de área proibida de edificar.

É preciso sempre consultar o regimento da prefeitura ou do condomínio para identificar o recuo correto. 

Casa de máquinas

No projeto de piscina, o arquiteto deverá pensar na facilidade do acesso à casa de máquinas. Essa medida pode ser bastante importante para a manutenção desse espaço de lazer.

Como criar fazer uma piscina no Revit?

Todos esses cuidados devem ser lembrados também na hora de criar um projeto de piscina no Revit.

Esse software de modelagem 3D vai produzir um desenho muito mais aproximado do real para o seu cliente e facilitar todos os outros aspectos da criação do projeto arquitetônico.

No Revit, vamos precisar criar uma superfície onde a piscina vai ser instalada. O terreno pode ser feito com a Plataforma de Construção. Para isso, basta ir até a aba Massa e Terreno,  em seguida, clique Modelar Terreno e então só clique em Plataforma de Construção.

Na Plataforma de Construção, o Revit entra  no modo desenho e você terá acesso às ferramentas. É possível personalizar a Plataforma do mesmo jeito que fazemos com pisos e revestimentos. 

Mas se você ainda não sabe o que é o Revit ou não tem conhecimento para atuar com essa plataforma digital, será necessário, urgentemente, realizar um curso de Revit, isso porque essa ferramenta baseada em BIM, será, em muito pouco tempo, a maneira mais precisa, produtiva e valorizada para a criação dos projetos arquitetônicos.

Não fique ultrapassado no mercado, nosso curso Master em Revit é o mais completo do país, com a maior carga horária e os melhores professores!

Área do Aluno

Selecione uma opção abaixo