Tudo sobre arquitetura: saiba as características que você precisa conhecer

Quer entender tudo sobre arquitetura? Então saiba que uma das características principais do arquiteto é que ele sabe solucionar problemas. Então, para quem está pensando em ingressar na área, ter esse perfil já vai ajudar a seguir em busca do caminho do sucesso na profissão. Conheça características do curso, da profissão e do perfil de quem quer investir nessa área como carreira. Tudo sobre arquitetura: história e características Embora a arquitetura tenha recebido um reconhecimento legal como profissão em 1834, com a criação do Instituto Real de Arquitetos Britânicos, a área está ligada a toda a evolução humana. As construções realizadas pelos homens têm registro desde fim do quinto milênio antes de Cristo, a partir dos rudimentares dolmens de pedra, na Europa, assim como a arquitetura da Antiguidade, muito mais elaborada, criada pelos egípcios, babilônios, etruscos, persas e assírios, também em milênio antes de Cristo. Na origem da palavra Arkhitekton, arquitetura pode ser traduzida para nossa língua como “construtor chefe”, mas a disciplina pode ser definida como uma arte e técnica de projetar e construir, porém, mais do que criar e organizar espaços que sigam padrões de conforto, estética e funcionalidade, os arquitetos precisam entender o desejo das pessoas, porque a atuação deles trará muito impacto na vida delas, de forma individual e coletiva. Arquitetos e urbanistas podem, de fato, melhorar a qualidade de vida das pessoas com seus projetos, proporcionando melhores habitações, espaços de trabalho, uso de áreas públicas e até mesmo otimizando as condições da mobilidade urbana. Normalmente, quem se interessa por arquitetura gosta de desenho, história e artes. São pessoas atraídas por belas fachadas, estilos de construção e outros elementos que compõem o cenário urbano, sejam do passado ou até nos vislumbres para o futuro. Porém, quem quer saber tudo sobre arquitetura também pode ser um grande apreciador de matemática ou de física, que são áreas de ciências exatas. É justamente nessa mescla entre humanas e exatas que reside uma das grandes riquezas dessa profissão. Tudo sobre arquitetura e urbanismo De acordo com o MEC (Ministério da Educação), os cursos superiores de arquitetura e urbanismo, sejam públicos ou particulares, devem ter ao menos 5 anos de duração. Nas várias universidades, os cursos trarão essa junção das áreas humanas e exatas em suas disciplinas curriculares. No primeiro semestre de curso, as matérias são mais teóricas, porém, também há bastante espaço para disciplinas práticas porque esse curso é muito focado na prática. Em geral, entre as principais matérias, estão aulas de desenho (inclusive com programas específicos), história da arquitetura, materiais e elementos construtivos, projeto arquitetônico e urbanístico, projeto estrutural, projetos de conforto ambiental e informática. Em muitas faculdades, os estudantes vão conhecer sobre arquitetura sustentável, projeto de casas modernas e o que é BIM. Arquitetos formados podem conhecer e trabalhar com tudo sobre arquitetura de interiores, arquitetura industrial, arquitetura verde e paisagismo, edificações e construções, projetos luminotécnicos, restauração de edifícios, como os de patrimônio histórico, e urbanismo. O arquiteto também pode ser um especialista em gestão ou em BIM. O arquiteto pode trabalhar em escritórios, órgãos públicos, construtoras e incorporadoras e também seguir a carreira acadêmica. Tudo sobre arquitetura e design de interiores: diferenças Muitas pessoas fazem muita confusão entre essas duas profissões, que têm funções e cursos diferentes. Embora o arquiteto também possa fazer design de interiores, essa função tem a ver com a decoração dos ambientes, estética e conforto. O curso terá algumas matérias que têm a ver com a arquitetura, mas o profissional irá trabalhar com distribuição de móveis e objetos no ambiente, acabamentos, revestimentos e cores. Já a arquitetura pode atuar também com design de interiores, mas lida também com o exterior das edificações, na construção e reformas de prédios, e o urbanismo. Tudo sobre arquitetura e design: especializações As disciplinas das universidades podem proporcionar um panorama geral de conhecimento aos arquitetos, porém, muitas vezes, eles também irão precisar cursar novas especializações para atuar no mercado. Além de saber desenhar, ser proativo e criativo, engajado e interessado por novas tendências, um dos conhecimentos que atualmente é imprescindível para um arquiteto é o (BIM) Building Information Modeling ou, na tradução, Modelagem da Informação da Construção, que muito em breve pode se tornar o padrão de construção no Brasil, como já ocorre em diversos países do mundo. O BIM é uma metodologia de trabalho de modelagem associada a um conjunto de processos para produzir, comunicar e analisar modelos de edificação. Mas, além dos pilares processos e tecnologia, o método ganha firmeza com o terceiro apoio neste tripé: pessoas, que vão necessitar de uma nova mentalidade, mais inovadora e colaborativa. O que é BIM? É uma nova forma de projetar, planejar, construir e operar, baseada em um modelo tridimensional, carregado com banco de dados, com as propriedades que vão definir seus materiais, componentes e características específicas, e que vai permitir a atuação em toda a cadeia construtiva, cobrindo todo o ciclo de vida de uma edificação do projeto, como o planejamento, execução e manutenção. Com informações ricas e precisas, criadas a partir da modelagem inteligente 3D, todos os envolvidos no processo terão: Acesso ao modelo único de qualquer lugar porque fica hospedado em nuvem; Podem fazer interferências que serão atualizadas em tempo real; Fazer simulações para testar o desempenho da obra, antes da construção física; Extrair quantitativos exatos que vão resultar em orçamentos e cronogramas confiáveis, Desenvolver análises energéticas efetivas, etc. O conhecimento em BIM vai permitir projetos mais eficazes das estruturas residenciais mais simples aos projetos complexos de indústrias, hospitais, hidrelétricas ou grandes condomínios-clubes, porque os recursos são os mesmos, não importa o tamanho da empreitada. Para que os arquitetos possam trabalhar com a metodologia foram desenvolvidos diversos softwares para dar suporte, como o Revit, que é um poderoso aliado do design no projeto arquitetônico. O software foi desenvolvido para auxiliar os arquitetos e engenheiros na fase de projeto e traz uma grande riqueza de recursos que permitem a criação de projetos mais elaborados. Cursos em BIM O Grupo AJ oferece uma pós-graduação em BIM que vai permitir um grande incremento no currículo de um profissional porque é a mais completa do mercado, tanto para quem é recém-formado ou profissionais experientes que querem reciclar seus conhecimentos e garantir a empregabilidade. Além disso, também tem a opção dos cursos técnicos Master Revit, Planejamento e Gestão de obras em BIM, Planejamento e Compatibilização com Navisworks e Orçamento de Obras com BIM.

Quer entender tudo sobre arquitetura? Então saiba que uma das características principais do arquiteto é que ele sabe solucionar problemas. Então, para quem está pensando em ingressar na área, ter esse perfil já vai ajudar a seguir em busca do caminho do sucesso na profissão. 

Conheça características do curso, da profissão e do perfil de quem quer investir nessa área como carreira.

Tudo sobre arquitetura: história e características

Embora a arquitetura tenha recebido um reconhecimento legal como profissão em 1834, com a criação do Instituto Real de Arquitetos Britânicos, a área está ligada a toda a evolução humana. 

As construções realizadas pelos homens têm registro desde fim do quinto milênio antes de Cristo, a partir dos rudimentares dolmens de pedra, na Europa, assim como a arquitetura da Antiguidade, muito mais elaborada, criada pelos egípcios, babilônios, etruscos, persas e assírios, também em milênios antes de Cristo.

Na origem da palavra Arkhitekton, arquitetura pode ser traduzida para nossa língua como “construtor chefe”, mas a disciplina pode ser definida como uma arte e técnica de projetar e construir, porém, mais do que criar e organizar espaços que sigam padrões de conforto, estética e funcionalidade, os arquitetos precisam entender o desejo das pessoas, porque a atuação deles trará muito impacto na vida delas, de forma individual e coletiva.

Arquitetos e urbanistas podem, de fato, melhorar a qualidade de vida das pessoas com seus projetos, proporcionando melhores habitações, espaços de trabalho, uso de áreas públicas e até mesmo otimizando as condições da mobilidade urbana

Normalmente, quem se interessa por arquitetura gosta de desenho, história e artes. São pessoas atraídas por belas fachadas, estilos de construção e outros elementos que compõem o cenário urbano, sejam do passado ou até nos vislumbres para o futuro.

Porém, quem quer saber tudo sobre arquitetura também pode ser um grande apreciador de matemática ou de física, que são áreas de ciências exatas. É justamente nessa mescla entre humanas e exatas que reside uma das grandes riquezas dessa profissão.

Tudo sobre arquitetura e urbanismo

De acordo com o MEC (Ministério da Educação), os cursos superiores de arquitetura e urbanismo, sejam públicos ou particulares, devem ter ao menos 5 anos de duração. Nas várias universidades, os cursos trarão essa junção das áreas humanas e exatas em suas disciplinas curriculares.

No primeiro semestre de curso, as matérias são mais teóricas, porém, também há bastante espaço para disciplinas práticas porque esse curso é muito focado na prática.

Em geral, entre as principais matérias, estão aulas de desenho (inclusive com programas específicos), história da arquitetura, materiais e elementos construtivos, projeto arquitetônico e urbanístico, projeto estrutural, projetos de conforto ambiental e informática.

Em muitas faculdades, os estudantes vão conhecer sobre arquitetura sustentável, projeto de casas modernas e o que é BIM

Arquitetos formados podem conhecer e trabalhar com tudo sobre arquitetura de interiores, arquitetura industrial, arquitetura verde e paisagismo, edificações e construções, projetos luminotécnicos, restauração de edifícios, como os de patrimônio histórico,  e urbanismo. O arquiteto também pode ser um especialista em gestão ou em BIM.

Esses profissionais podem trabalhar em escritórios, órgãos públicos, construtoras e incorporadoras e também seguir a carreira acadêmica.

Tudo sobre arquitetura e design de interiores: diferenças

Muitas pessoas fazem muita confusão entre essas duas profissões, que têm funções e cursos diferentes. 

Embora o arquiteto também possa fazer design de interiores, essa função tem a ver com a decoração dos ambientes, estética e conforto. O curso terá algumas matérias que têm a ver com a arquitetura, mas o profissional irá trabalhar com distribuição de móveis e objetos no ambiente, acabamentos, revestimentos e cores.

Já a arquitetura pode atuar também com design de interiores, mas lida também com o exterior das edificações, na construção e reformas de prédios, e o urbanismo.

Tudo sobre arquitetura e design: especializações

As disciplinas das universidades podem proporcionar um panorama geral de conhecimento aos arquitetos, porém, muitas vezes, eles também irão precisar cursar novas especializações para atuar no mercado.

Além de saber desenhar, ser proativo e criativo, engajado e interessado por novas tendências, um dos conhecimentos que atualmente é imprescindível para um arquiteto é o (BIM) Building Information Modeling ou, na tradução, Modelagem da Informação da Construção, que muito em breve pode se tornar o padrão de construção no Brasil, como já ocorre em diversos países do mundo.

O BIM é uma metodologia de trabalho de modelagem associada a um conjunto de processos para produzir, comunicar e analisar modelos de edificação. Mas, além dos pilares processos e tecnologia, o método ganha firmeza com o terceiro apoio neste tripé: pessoas, que vão necessitar de uma nova mentalidade, mais inovadora e colaborativa.

ebook manual do bim

O que é BIM?

É uma nova forma de projetar, planejar, construir e operar, baseada em um modelo tridimensional, carregado com banco de dados, com as propriedades que vão definir seus materiais, componentes e características específicas, e que vai permitir a atuação em toda a cadeia construtiva, cobrindo todo o ciclo de vida de uma edificação, como o planejamento, execução e manutenção.

Com informações ricas e precisas, criadas a partir da modelagem inteligente 3D, todos os envolvidos no processo terão:

  • Acesso ao modelo único de qualquer lugar porque fica hospedado em nuvem;
  • Podem fazer interferências que serão atualizadas em tempo real;
  • Fazer simulações para testar o desempenho da obra, antes da construção física; 
  • Extrair quantitativos exatos que vão resultar em orçamentos e cronogramas confiáveis, 
  • Desenvolver análises energéticas efetivas, etc.

O conhecimento em BIM vai permitir projetos mais eficazes das estruturas residenciais mais simples aos projetos complexos de indústrias, hospitais, hidrelétricas ou grandes condomínios-clubes, porque os recursos são os mesmos, não importa o tamanho da empreitada.

Para que os arquitetos possam trabalhar com a metodologia foram desenvolvidos diversos softwares para dar suporte, como o Revit, que é um poderoso aliado do design no projeto arquitetônico.

O software foi desenvolvido para auxiliar os arquitetos e engenheiros na fase de projeto e traz uma grande riqueza de recursos que permitem a criação de projetos mais elaborados.

Cursos em BIM

O Grupo AJ oferece uma pós-graduação em BIM que vai permitir um grande incremento no currículo de um profissional porque é a mais completa do mercado, tanto para quem é recém-formado ou profissionais experientes que querem reciclar seus conhecimentos e garantir a empregabilidade. 

Além disso, também tem a opção dos cursos técnicos Master Revit, Planejamento e Gestão de obras em BIM, Planejamento e Compatibilização com Navisworks e Orçamento de Obras com BIM. 

Infografico-beneficios-do-BIM-na-area-de-projetos

Área do Aluno

Selecione uma opção abaixo